Agencia Cow
O PODER DA PERSUASÃO

O PODER DA PERSUASÃO


E você? Já ouviu falar em persuasão?

Pois bem, vamos começar falando que persuasão e manipulação são coisas bem diferentes.

Persuasão é a arte de convencer qualquer pessoa de qualquer coisa!

É possível sim convencer outras pessoas a fazerem aquilo que você deseja desde que isso seja bom para elas também.

Já a manipulação vem em um contexto bem diferente.

Manipulação é uma forma de levar outras pessoas a realizar os seus desejos e somente você levar vantagem sobre as pessoas e situações.

A arma secreta para convencer pessoas

Persuasão é a estratégia usada através da linguagem, símbolos e ética capaz de induzir alguém a aceitar uma ideia, uma atitude ou realizar uma ação.

Persuasão não está ligada somente a copys. Ela está presente no dia a dia, nas ações que já estamos acostumados a fazer, desde convencer as pessoas de uma ideia ou até mesmo negociar um desconto em uma loja.

Você certamente já influencia as pessoas ao seu redor com argumentos e atitudes. Mas hoje vou te mostrar como você pode potencializar esse argumento  persuasivo.

 

Preparados? Vamos lá!

 

Guarde isso para sempre. Para convencer qualquer pessoa sobre qualquer coisa é necessário que estude e aprenda o máximo possível sobre a pessoa que você deseja convencer e conheça as suas maiores objeções e preocupações.

A hora certa

É claro que temos que saber a hora certa para usarmos nossas habilidades persuasivas. Caso contrário não surtirá o efeito esperado.

Doe primeiro para depois ser recompensado. Essa regra diz respeito à reciprocidade.

Quando alguém está agradecido por você ter oferecido ou ajudado de alguma forma, essa pessoa se sente em dívida em retribuir esse favor. Essa é a hora que você deve entrar com seus argumentos persuasivos, pois a tendência de ser retribuído será na mesma intensidade ou até maior.

Não use seus pontos fortes

Para persuadir uma pessoa você precisa falar “a língua da pessoa”.

Empatia é a entrada do sucesso para convencer pessoas.

Então esteja sempre no lugar do seu ouvinte e imagine como é o quê ele gostaria de ser convencido.

O importante não é o que você fala, mas como você diz.

Entenda o comportamento e use a seu favor

Gostamos de escutar nosso próprio nome

Além de reforçar o relacionamento, usar o nome faz com que a pessoa sinta que você não está interessado somente em fechar uma venda ou conseguir algo em seu benefício próprio, mas que também tem interesse por ela enquanto ser humano.

Email enviado com o nome da pessoa aumenta o número de cliques e respostas positivas.

Quanto mais fácil, melhor!

As pessoas tendem a ser preguiçosas e a querer tudo facilitado.

Se existe o poder de escolha entre o caminho mais fácil e o mais difícil para alcançar o mesmo resultado, adivinha qual será o escolhido? O fácil, com certeza!

Para fazer isso basta dizer exatamente o que eles precisam fazer em seguida. Isso traz a seu cliente ganho de tempo e o problema já resolvido. Colocar um call to action em seus argumentos auxiliam, e muito, o poder de tomada de decisão do seu potencial cliente. Clique aqui, comprar agora, sim, eu quero são alguns dos call to action usados para induzir a uma rápida decisão.

O ato de desejar acaba sendo mais prazeroso que possuir.

Quantos produtos já foram lançados meses antes de realmente estarem à venda?

O desejo e a escassez andam de mãos dadas. Quando lançamos um produto e colocamos limitação na quantidade atrai mais interessados do que acharem que tem quantidades suficientes para todos.

Torna se exclusivo e induz uma atitude quase que instantânea.

Última dica: Para agradar uma pessoa basta repetir o que ela está dizendo em seus próprios argumentos. Mostre que você está prestando atenção e como também sabe o que fazer para melhor ajudá-la.

Comece agora a colocar em prática a persuasão em suas vendas!

Curtiu o artigo? Fique por aqui e confira todos os artigos do blog da Cow!

 




TOP